Início Plantão Brasil Poupança da CEF alcança 110 bilhões

Poupança da CEF alcança 110 bilhões

A Caixa Econômica Federal encerrou o mês de fevereiro com um saldo de mais de R$ 110 bilhões em depósitos de Poupança, representando crescimento de 16% nos últimos 12 meses. Com 39,13 milhões de cadernetas de poupança ativas, o banco no abriu no primeiro bimestre de 2010 mais de 650 mil novas contas, superando a média de abertura mensal, que gira em torno de 300 mil contas.  

A Poupança da CAIXA é bastante procurada pelos benefícios que oferece. O produto é isento de tarifa de manutenção, não possui valor mínimo para sua abertura, aceita depósitos em qualquer dia do mês e não possui incidência de IRPF. A segurança e a liquidez, grandes atributos da Poupança da CAIXA,  somados à facilidade de acesso e simplicidade de suas regras, tornaram a Poupança ao longo do tempo a aplicação mais tradicional e popular dentre todas as opções existentes de investimento financeiro oferecidos pelo mercado.  

A solidez e a tradição da CAIXA garantem a liderança histórica do produto, bastando lembrar que o banco, pela 8ª. vez consecutiva, foi ganhadora do prêmio TOP OF MIND, oferecido pelo Instituto Datafolha, como a marca mais lembrada pelos brasileiros quando o tema é Poupança.  

Cabe ressaltar que o rendimento auferido merece destaque como fator preponderante nos excelentes desempenhos alcançados pela Poupança da CAIXA nos últimos anos. “O cenário de estabilidade da taxa básica de juros (SELIC) tem impacto positivo na rentabilidade da Poupança. Os juros fixos de 0,5% a.m. mais TR asseguram bastante atratividade ao rendimento oferecido pela poupança, isso somado a não-incidência de tributo e taxa de administração”, avalia o vice-presidente de Pessoa Física da CAIXA, Fábio Lenza. 

A Poupança também viabiliza moradia a milhões de brasileiros. Sessenta e cinco por cento dos recursos depositados são direcionados para a concessão de crédito imobiliário que, além de proporcionar o sonho da casa própria para uma parcela da sociedade, ainda gera emprego e renda a inúmeros trabalhadores da construção civil.  Somente no primeiro bimestre de 2010, a CAIXA já emprestou aproximadamente R$ 4 bilhões em créditos habitacionais com recursos da poupança. 

Perfil do Poupador

Após pesquisa realizada pela CAIXA em sua base de clientes de dezembro/09, comparativamente aos dados observados em períodos anteriores (julho/07 e julho/09), o banco constatou que as regiões Nordeste e Sudeste respondem juntas por 70% dos poupadores. A Região Norte, no entanto, foi a que mais cresceu em número de poupadores, apresentando uma evolução de 28% em dois anos.  

Ainda, conforme a mesma pesquisa, merece destaque o número de clientes universitários ou com formação universitária, que, no mesmo período, apresentou crescimento superior a 33%. Também se observou que a maioria dos poupadores, em torno de 41%, concentra-se na faixa etária de 21 a 40 anos.  

Sessenta e cinco por cento (65%) do total de clientes da Poupança da CAIXA possuem renda inferior a R$ 700,00, no entanto o número de clientes pertencentes à faixa de renda entre R$ 7 mil e R$ 8 mil reais atingiu crescimento de mais de 60% nos últimos dois anos. 

A parcela de clientes com saldos de depósitos mais expressivos, ou seja, acima de R$ 500 mil, apresentou crescimento em torno de 80% nos últimos dois anos, ainda que represente menos de 1% da base total de clientes. O levantamento demonstrou também que a CAIXA possui 1.113 clientes com depósitos acima de 1 milhão de reais aplicados em Poupança, o que representa em torno de 0,01% dos clientes titulares de conta Poupança da CAIXA e em torno de 2% do volume total de depósitos da Poupança da CAIXA. 

Segundo Fábio Lenza, o crescimento da poupança da Caixa em todas as faixas de renda deve-se primeiro ao aumento da renda da população brasileira e também ao fato de os investidores agora terem na poupança mais uma alternativa rentável para diversificar seus investimentos com segurança e liquidez. “Nos últimos anos temos orientado nossos clientes a diversificar seus investimentos, agregando a poupança ao portifólio”, informa Lenza. 

Para abrir uma Poupança da CAIXA 

Para abrir uma conta de poupança na Caixa Econômica Federal basta apresentar os documentos de identidade, CPF e comprovante de endereço em qualquer agência e, em poucos dias, o cliente já recebe gratuitamente o cartão magnético da conta em sua residência.

 

Fonte: CEF