Início Plantão Rio Prefeito prestigia 1ºdia do Fashion Bussiness

Prefeito prestigia 1ºdia do Fashion Bussiness

A maior bolsa de negócios de moda da América Latina
 
O prefeito Eduardo Paes visitou nesta terça-feira, dia 10, a 19ª edição do Senac Rio Fashion Business, maior bolsa de negócios de moda da América Latina, que começou hoje, no Jockey Club. O evento, que acontece até o próximo dia 13, deve atrair 70 mil visitantes e cerca de 20 mil lojistas. A expectativa do Senac Rio, organizador do evento, para esta edição é de um aumento de 10% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado, que foi de R$ 760 milhões. O Fashion Business tem o apoio da Prefeitura do Rio, através da Riotur.
 
Ao lado do secretário especial de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Governo do Estado, Julio Bueno, o prefeito do Rio classificou o evento como um dos maiores geradores de empregos e de riquezas para a cidade:  "O mercado da moda é importante, um cenário que aquece a economia da cidade a cada ano. Além disso, esse mercado é o segundo empregador do Rio de Janeiro. Portanto, é uma atividade econômica que traz investimentos para a cidade. Isso é fundamental para que o Rio possa cumprir com suas obrigações e se consolide na área da indústria criativa" – afirmou.
 
O secretário especial de Turismo, Antônio Pedro, também falou sobre a importância do Fashion Business para o crescimento da economia criativa do Rio: "O Rio de Janeiro sempre foi um vocalizador da moda nacional. Portanto, tanto o Fashion Business como o Fashion Rio são eventos fundamentais, que anualmente preparam grandes novidades, desfiles belíssimos, ótimos negócios, e, principalmente, geração de emprego e renda. É um evento que não apenas atrai turistas ou empresários, mas leva ao mundo a imagem de um Rio de Janeiro moderno, exportador de costumes" – disse o também presidente da Riotur.
 
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno, afirmou que o governo do estado não mede esforços para a promoção da indústria criativa do Rio de Janeiro: "O Rio de Janeiro tem como suas principais características ser forte na indústria criativa. Por isso, buscamos cada vez mais garantir incentivos ao setor. Para se ter um exemplo, o número de pessoas envolvidas no Fashion Business demonstra a importância dessa indústria no Brasil. Mais importante do que ela gera de receita, está a quantidade de empregos gerados pela indústria de vestiário no Rio de Janeiro" – disse Bueno.
 
Também presente ao evento desta terça-feira, a primeira-dama do estado, Adriana Ancelmo (que também preside o Rio Solidário – Obra Social do Estado do Rio de Janeiro), prestou uma homenagem a artesãos de diversas comunidades do estado:  "É uma honra poder contribuir com a inserção de artesãos das comunidades do Rio no mercado produtivo. Seus trabalhos são lindos, criteriosos. Para nós, do Rio Solidário, é uma honra apoiar essa iniciativa" – discursou a primeira-dama.
 
A bolsa de negócios de moda tem como objetivo promover a moda através do desenvolvimento de uma plataforma de negócios, que seja um ponto de convergência com todos os setores da cultura e do consumo, influenciados pelos movimentos sociais. Ao todo, são 300 grifes participantes, em um espaço de 30 mil m² de área montada. Nesta edição, todo o evento gira em torno do tema “Verdejante”, que aborda a necessidade de se preservar nossa cultura, nossa forma de vida e a nossa sociedade.
 
Além disso, expositores e lojistas apresentam suas coleções Outono/Inverno 2012. O destaque fica por conta de duas grandes estreias: Anju Anju e a badalada designer de acessórios Camila Klein. O evento também inclui desfiles de outras grandes grifes, como Santa Ephigênia, Cavendish e Sacada.

Fonte: Prefeitura do Rio