Início Plantão Rio Prefeitura do Rio apresenta o plano operacional para o Carnaval 2023

Prefeitura do Rio apresenta o plano operacional para o Carnaval 2023

O prefeito Eduardo Paes, o governador Cláudio Castro e o presidente da Riotur, Ronnie Costa, além de representantes de diversos órgãos da Prefeitura do Rio e do Governo do Estado, apresentaram, nesta terça-feira (14/2), no Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá, o plano operacional para o Carnaval 2023 na Marquês de Sapucaí, Nova Intendente, Terreirão do Samba e para os desfiles dos blocos de rua.

– É uma alegria muito grande poder compartilhar com vocês um pouco da grandiosidade dessa festa. Quero destacar duas coisas. Primeiro, o cerco prévio que a Polícia Militar faz tem sido fundamental para a segurança de quem vai se divertir. Isso fez toda a diferença no Réveillon de Copacabana este ano. Segundo, o trabalho excepcional da Comlurb, que tem usado essência de eucalipto na limpeza, deixando um cheiro muito mais agradável do que a urina. São detalhes que fazem uma enorme diferença no impacto que esses eventos provocam na cidade. O Carnaval é a maior manifestação cultural do Brasil e a sua origem nesse formato se dá a partir do Rio se Janeiro. É uma atividade cultural muito importante para nossa cidade e para o estado, também no aspecto econômico. A Riotur e a Fundação João Goulart divulgaram um estudo mostrando o impacto econômico do Carnaval na vida da cidade e do estado. Uma atividade econômica fundamental, que gera muito emprego, traz riqueza. Fica o nosso convite para que todos venham ao Rio de Janeiro – afirmou Eduardo Paes.

– Para que a cidade e o estado cresçam tem de existir um trabalho em parceria, em que estado e município conversem. São ambos querendo fazer mais pelo Carnaval. Todo mundo hoje se sente responsável pelo Carnaval, e quando isso acontece temos essa sinergia que vai fazer, com certeza, que esse seja o maior Carnaval da história do Rio e do Brasil. E o governo do estado não medirá esforços para que seja o Carnaval mais seguro da história. A minha orientação para as polícias Civil e Militar é muito rigor em qualquer denúncia de violência contra a mulher. Seremos extremamente rigorosos e implacáveis para defender as mulheres – disse o governador Cláudio Castro.

 

Terreirão do Samba

Para o folião que estiver no Rio, não faltarão opções para curtir o período de pré-Carnaval e os dias oficiais da festa. A programação vai além dos blocos e tradicionais desfiles na Marquês de Sapucaí. Na celebração mais democrática da cidade, as atenções também estarão voltadas para o Terreirão do Samba. Os ingressos custam R$ 20.

A programação teve início no fim de semana passado, e os demais shows serão nos dias 17/2 (sexta de Carnaval), 18 (sábado), 19 (domingo), 20 (segunda) e 21 (terça-feira). A última sequência de apresentações será na sexta-feira pós-carnaval (dia 24) e no sábado do Desfile das Campeãs (dia 25).

O esquema de infraestrutura montado especialmente para os shows inclui a instalação de dois postos médicos, com uma ambulância em cada posto; 28 quiosques de venda de bebida e comida; e 65 banheiros químicos. A segurança externa será feita pela Polícia Militar.

Os shows são realizados a partir das 20h. O endereço do Terreirão é Rua Benedito Hipólito 66, Centro.

O presidente da Riotur, Ronnie Costa, destacou a grandeza da festa e lembrou que as celebrações já começaram na cidade.

– Trouxemos todos os órgãos envolvidos nessa grande festa, tanto do município quanto do estado, para apresentar em conjunto o melhor para a população. Para que as pessoas possam curtir a folia com segurança e com conforto que a infraestrutura oferece. O Carnaval já começou há duas semanas, com os blocos de rua, com o Terreirão do Samba e os ensaios técnicos. E agora vamos levar até o final com muita presteza e segurança, para que os foliões possam voltar a se abraçar e curtir – declarou Ronnie Costa.

 

Nova Intendente

Endereço histórico do Carnaval carioca, os tradicionais desfiles na Estrada Intendente Magalhães, na Vila Valqueire, a partir deste ano serão em um novo ponto. Para abrigar, em quatro noites de desfiles das escolas do Grupo B e das Séries Prata e Bronze (antigos grupos de acesso C, D e E), a festa da Intendente foi transferida para a Avenida Ernani Cardoso, em Cascadura, mais ampla e com infraestrutura para abrigar o público e para a mobilização do staff e dos carros alegóricos.

Com a Nova Intendente, as agremiações terão uma passarela de 350 metros para apresentar seu enredo. A estrutura apresenta também um espaço de oito metros de largura, permitindo um número maior de integrantes por ala e até a construção de carros alegóricos de dimensões maiores.

Para dar mais segurança ao espaço, serão proibidos vendedores autônomos e a comercialização de bebidas em garrafas de vidro.

Os desfiles na Nova Intendente, que servem de base para a Série Ouro e para o Grupo Especial, acontecem na segunda-feira (20) e na terça-feira (21), a partir das 18h; e na sexta-feira (24), no sábado (25) e no domingo (26), a partir das 20h. Este ano, os desfiles devem reunir, aproximadamente, 200 mil pessoas, entre passistas, ritmistas, pessoal de apoio e público em geral. Serão cinco dias de muita música e samba no pé, com entrada gratuita.

 

Blocos de rua

Quem quiser curtir a folia nas ruas da cidade este ano vai encontrar o maior esquema operacional já produzido até hoje para a grande festa. O público estimado de foliões nas ruas da cidade para este ano é de cinco milhões de pessoas.

Este ano, 613 blocos pediram autorização para desfilar. Em 2020, 754 pediram autorização e 427 desfilaram. Entre os ajustes realizados pela Prefeitura na logística da festa, estão a redução dos desfiles da Zona Sul, que foram remanejados para outros pontos da cidade, resultando num número menor do que em 2020. Naquele ano, foram 110, e agora serão 94 desfiles pela região.

 

Serviços de saúde e limpeza

Ao todo, a Prefeitura vai disponibilizar 220 ambulâncias e oito postos médicos, que serão operados pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é não inflar o sistema público com atendimentos médicos de baixa complexidade. O folião vai contar com 34 mil banheiros químicos posicionados por onde passarão os blocos, sendo 10% para pessoas com deficiência (PCDs). Dez mil vendedores autônomos serão cadastrados, identificados com colete e receberão treinamento da Riotur para atuar nos blocos. E para ajudar na limpeza da cidade, a Comlurb vai disponibilizar a maior estrutura já utilizada pela companhia durante o carnaval, com 2.550 garis, carros-pipa, equipamentos de higienização de urina, varredeiras de grande, pequeno e médio portes e mil contentores de 240 litros.

O projeto de gestão de resíduos sólidos, que acontece em parceria com diversas cooperativas de catadores do Grande Rio, tem o objetivo de reduzir o impacto ambiental e visual causado pelo descarte incorreto de resíduos nas ruas. Através do projeto, a limpeza urbana durante o período de Carnaval é agilizada, e centenas de famílias ligadas a cooperativas de catadores ganham renda extra.

Prática comum durante o Carnaval, o hábito de urinar nas ruas será severamente punido este ano. Além de receber uma multa de R$748,61, quem for flagrado urinando na rua poderá ser conduzido a uma unidade policial por atentado ao pudor. E os reincidentes vão pagar uma multa 58% mais alta.

Responsável, desde 2010, pela infraestrutura e pela produção do Carnaval de Rua do Rio, a Dream Factory assume a instalação de banheiros químicos, torres de monitoramento, o suporte ao trânsito (agentes de tráfego e painéis de sinalização), organiza a venda de bebidas (credenciamento dos vendedores autônomos, com fornecimento de isopores, coletes e credenciais), o recolhimento de lixo reciclável, a proteção dos canteiros e monumentos, e a estrutura de ambulâncias, entre outros itens, sempre de acordo com o planejamento da Riotur e de órgãos municipais.

Serão instalados por toda a cidade painéis de LED para orientação do trânsito; 15 pontos de venda de bebidas e similares; 30 postos de abastecimento móveis para os vendedores autônomos; 480 metros lineares de grades para operação de cercamento do Túnel Marcelo Alencar; 12 veículos tipo pick-ups darão apoio da operação dos órgãos da Prefeitura, contribuindo na coordenação e fiscalização do Carnaval de rua; 200 contêineres de 240 litros com 75 mil sacos plásticos de lixo de 150 litros; e 300 grades para operação da CET-Rio.

Seguindo o cronograma estabelecido em conjunto com a Riotur, a Dream Factory instalou cercas de proteção de jardins, monumentos e canteiros de vegetação em praças e locais que estejam no trajeto dos blocos autorizados pela Prefeitura. Ao todo, serão utilizados 20 mil metros lineares de cercas.

Entre os canteiros protegidos estão os das orlas da Barra, Recreio, Ipanema e Leblon. Além disso, outros pontos de maior concentração de público, como a Avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro, a Praça Santos Dumont, no Jardim Botânico, e o Aterro do Flamengo também receberão proteções. Já entre os monumentos, 26 terão cercamento, entre eles o monumento de Tiradentes, Obelisco, Paço Imperial, Palácio Tiradentes, Chafariz Marechal Âncora, Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Chafariz da Praça São Salvador, Monumento a Noel Rosa, Praça Barão de Drummond, entre outros.

 

EVENTOS DO CARNAVAL RIO 2023

Sambódromo

Nos dias 17, 18, 19, 20, 25 e Sambódromo recebe os desfiles das Escolas de Samba da Série A, do Grupo Especial e das Escolas Mirins, totalizando 43 agremiações. Estas agremiações são representadas pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj) e Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro (Aesm-Rio).

Ordem dos desfiles no Sambódromo

Sexta, 17 de fevereiro

Série A

Arranco do Engenho de Dentro
Lins Imperial
Acadêmicos de Vigário Geral
Estácio de Sá
Unidos de Padre Miguel
Acadêmicos do Sossego
São Clemente

Sábado, 18 de fevereiro

Série A

União de Jacarepaguá
Unidos da Ponte
Unidos de Bangu
Em Cima da Hora
Unidos Porto da Pedra
União da Ilha do Governador
Império da Tijuca
Inocentes de Belford Roxo

Domingo, 19 de fevereiro

Grupo Especial

Império Serrano
Grande Rio
Mocidade
Unidos da Tijuca
Salgueiro
Mangueira

Segunda, 20 de fevereiro

Grupo Especial

Paraíso do Tuiuti
Portela
Vila Isabel
Imperatriz
Beija-Flor
Viradouro

Terça, 21 de fevereiro

Escolas Mirins

Miúda da Cabuçu
Tijuquinha do Borel
Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy
Império do Futuro
Golfinhos do Rio de Janeiro
Filhos da Águia
Corações Unidos do Ciep
Herdeiros da Vila
Infantes do Lins
Mangueira do Amanhã
Estrelinha da mocidade
Nova Geração do Estácio
Petizes da Penha
Inocentes da Caprichosos
Aprendizes do Salgueiro
Pimpolhos da Grande Rio

 

Sábado, 25 de fevereiro

Desfile das Campeãs, com as seis primeiras colocadas do Grupo Especial.

 

Concursos oficiais e blocos de embalo

A tradição do Carnaval está representada também em outras iniciativas do carnaval promovidas pela Riotur, como o Concurso da Corte Real do Carnaval Carioca, que elege o Rei Momo, a Rainha e as Princesas do Carnaval. Este ano, a corte é formada pelo Rei Momo Djferson Mendes da Silva; pela Rainha Mariana Ribeiro, a Mari Mola; e pelas duas princesas: Monalisa Lúcia (1ª princesa) e Rhuanda Monteiro (2ª princesa).

O Concurso de Folião Original vai acontecer nos dias 19 e 20 de fevereiro (domingo e segunda-feira), às 16h, no Palco da Cinelândia. Serão julgados os quesitos animação, criatividade e espírito carnavalesco. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas das 12h às 15h no local, nos dias respectivos de cada categoria: fantasia individual infantil e adulto, fantasia de grupos e fantasia de clóvis.

 

Ordem dos desfiles na Nova Intendente

Série Bronze ​

Segunda-feira (20/2)

Unidos de Lucas
Guerreiros Tricolores
Imperadores Rubro-Negros
Tubarão de Mesquita
Unidos de Manguinhos
Feitiço Carioca
Mocidade Unida da Cidade de Deus
Vila Kennedy
Barra da Tijuca
Gato de Bonsucesso
Vicente de Carvalho

Terça-feira (21/2)

Concentra Imperial
Difícil é o nome
FlaManguaça
Boi da Ilha
Cabral
Jardim Bangu
Império Ricardense

Série Prata

Sexta (24/2)

Unidos de Lucas
União do Parque Acari
Unidos da Vila Santa Tereza
Raça Rubro-Negra
Acadêmicos da Abolição
Acadêmicos de Jacarepaguá
Acadêmicos do Peixe
Acadêmicos da Rocinha
Unidos do Jacarezinho
Caprichosos de Pilares
União de Maricá
Leão de Nova Iguaçu
Independente da Praça da Bandeira
Rosa de Ouro
Acadêmicos de Santa Cruz
Acadêmicos do Engenho da Rainha

 

Sábado (25/2)

Flor da Mina do Andaraí
Botafogo Samba Clube
União do Parque Curicica
Renascer de Jacarepaguá
Sereno de Campo Grande
Arame de Ricardo
Mocidade Unida do Santa Marta
Império da Uva
Acadêmicos do Dendê
União Cruzmaltina
Acadêmicos da Diversidade
Acadêmicos do Cubango
Alegria da Zona Sul
Independentes de Olaria
Arrastão de Cascadura
Unidos de São Cristóvão

 

Grupo B

Domingo (26/2)

União de Vaz Lobo
Mocidade Independente de Boaçu
Siri de Ramos
Mensageiros da Paz
Acadêmicos da Pedra Branca
Vizinha Faladeira
Academia Niterói do Samba
Urubu Samba
Novo Império
Garras do Tigre
Tradição

Atuação dos órgãos públicos

Ordem Pública e Guarda Municipal

A operação especial da Secretaria de Ordem Pública (SEOP) e da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) para o carnaval 2023, que irá acontecer de 17 a 21 de fevereiro e no dia 25, vai contar com o emprego de quatro mil agentes. Do total do efetivo, 1.080 guardas municipais atuarão exclusivamente nas ações de trânsito, além de também operarem nos bloqueios estabelecidos pela CET-Rio no entorno da Passarela do Samba e também para o deslocamento dos carros alegóricos, com foco na segurança viária e na diminuição de impactos no trânsito.

A Operação Carnaval 2023 começa na sexta-feira, dia 17, a partir das 9h. A Seop vai contar com as equipes da Subsecretaria de Fiscalização e Coordenadoria de Controle Urbano para fiscalizar ambulantes ilegais e fixos no entorno da Sapucaí. A GM vai realizar ações preventivas de monitoramento e fiscalização de trânsito. Durante a operação, as equipes da GM-Rio também atuarão na área externa e na área interna do Sambódromo para promover o ordenamento urbano e a segurança dos foliões, além de prestar auxílio em situações emergências.

No interior do Sambódromo, as equipes atuarão no entorno dos postos de saúde que serão montados no local e também no controle da área de dispersão. Na área externa, o foco da atuação será em suporte aos bloqueios viários e também às ações dos fiscais da Subsecretaria de Operações e da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU) na fiscalização de comércio ambulante. Os guardas municipais ainda atuarão na coerção a delitos, promovendo ações de patrulhamento preventivo. As equipes da Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC) e Gerência de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (GFer) vão atuar no entorno para coibir as vans piratas e os estacionamento irregulares.

A GM-Rio também atuará na fiscalização da área de manobra dos carros alegóricos que acessam a Sapucaí durante o desfile, na Avenida Frei Caneca e ruas de interseção. A ação acontece desde o ano passado em cumprimento a determinação de portaria expedida pela 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso. O documento estabelece no artigo 12, inciso 6, que nas esquinas das ruas transversais à Rua Frei Caneca haverá fiscalização realizada por viaturas da GM-Rio e da Polícia Militar, sem prejuízo das equipes de segurança das agremiações. As ruas incluídas no perímetro de atuação também estão definidas no documento.

Haverá ainda a distribuição de pulseiras de identificação para crianças durante o desfile das Escolas de Samba. A ação será realizada pelos guardas do Grupamento de Ronda Escolar (GRE).

CARNAVAL DE RUA – Com a retomada dos desfiles dos blocos que compreende o Carnaval de Rua, a projeção da GM-Rio é do emprego de mil guardas a cada final de semana, de sexta a domingo e também nos dias de folia. Os desfiles já vêm acontecendo desde o final de janeiro. As equipes da GM-Rio atuam desde a concentração dos blocos e também no trajeto e o encerramento, para que seja realizado de forma segura e ordenada. É dada uma atenção especial ao trânsito, para prevenir acidentes e promover a fluidez e a mobilidade urbana após a dispersão. As equipes da GM-Rio estão atuando ainda em apoio às ações da SEOP para coibir o comércio ambulante sem autorização, em especial no caso da venda de garrafas de vidro, devido ao potencial de provocar acidentes graves.

NOVA INTENDENTE – A operação também contemplará o tradicional desfile (Grupo de Avaliação e das séries Bronze e Prata) da Intendente Magalhães, que neste ano passou a se chamar Nova Intendente devido a mudança do trajeto, agora realizado na Avenida Ernani Cardoso. O efetivo empregado será de 455 guardas municipais, empregados na operação e monitoramento do trânsito, operando os bloqueios viários determinados pela CET-Rio, e também com foco no ordenamento urbano e segurança dos foliões. A Nova Intendente também receberá dois postos da GM-Rio para identificação de crianças que vão assistir aos desfiles acompanhadas de seus responsáveis.

Também farão parte da operação carnaval da Secretaria de Ordem Pública o BRT Seguro, Rio+Seguro e Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização.

Secretaria de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) terá um esquema especial de assistência médica de emergência durante os desfiles das escolas de samba no Sambódromo, entre os dias 17 e 21 e no Sábado das Campeãs (25). Sete postos médicos estarão distribuídos ao longo da Avenida Marquês de Sapucaí, em pontos estratégicos, para atender a quem precisar. Além disso, profissionais do Instituto de Vigilância Sanitária do Município (IVISA-Rio) farão ações para fiscalizar o cumprimento das normas sanitárias.

Os postos médicos estarão localizados nos setores 1 (concentração), 2, 7, 8, 10 (Rua Salvador de Sá), 11 e Apoteose (dispersão) e funcionarão das 19h até o fim dos desfiles. No dia da apresentação das escolas mirins (21), os postos funcionarão a partir das 18h. A estrutura de atendimento contará com um total de 32 leitos, sendo oito de suporte avançado. Serão ao todo 170 profissionais envolvidos na operação. Em cada dia o plantão dos postos contará com 26 médicos, 17 enfermeiros e 27 técnicos de enfermagem para atender os integrantes das escolas, público ou trabalhadores que precisarem.

Para os pacientes com quadros mais graves, haverá ambulâncias com suporte avançado (UTI móvel) para fazer a transferência, coordenada pela Central Municipal de Regulação, para hospitais ou UPAs da rede.

Serão 16 ambulâncias com suporte avançado (UTI móvel) a postos em cada dia de desfile das escolas da Série Ouro, do Grupo Especial e no sábado das campeãs. Já para o desfile das escolas mirins serão 10 viaturas disponíveis.

A SMS também garantirá o atendimento de saúde durante a apuração na Apoteose, na Quarta-feira de Cinzas (22/2), com um posto médico funcionando na Praça da Apoteose. Duas ambulâncias com suporte avançado serão disponibilizadas para a transferência de pacientes que apresentem casos mais graves.

A Secretaria Municipal de Saúde conta com expertise de anos operando postos médicos em eventos com grande concentração de público, como carnaval e réveillon. Os postos médicos da SMS também já funcionaram durante os ensaios técnicos das escolas de samba, nos fins de semana que antecederam os desfiles, realizando 107 atendimentos e sete transferências para unidades da rede de urgência e emergência.

Fiscalizações do IVISA-Rio

O Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e Inspeção Agropecuária (IVISA-Rio) também atuará na fiscalização do cumprimento das normas sanitárias nas instalações e na oferta de alimentos e serviços no Sambódromo, Terreirão do Samba e no comércio ambulante do entorno. Ao todo, 48 servidores participarão das ações. O Instituto manterá uma base operacional permanente no Setor 13 do Sambódromo.

Carnaval de rua também tem estrutura de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde também preparou um esquema especial de atendimento pré-hospitalar nas áreas de maior concentração de público durante a programação do carnaval de rua na cidade, nos bairros do Centro, Copacabana, Ipanema e Leblon. São quatro postos médicos que darão suporte a um total de 49 blocos, incluindo os megablocos do Centro e Zona Sul.

Os postos começaram a operar já no primeiro fim de semana de fevereiro para atender o público nos blocos que abriram o calendário de carnaval de rua na cidade. A estrutura da SMS conta ao todo com 16 leitos, sendo um de suporte avançado em cada posto; além de 16 poltronas de hidratação e 145 ambulâncias avançadas para transferência dos casos mais graves para UPAs e hospitais da rede. As remoções serão coordenadas pela Central Municipal de Regulação. No total serão 177 plantões médicos, 103 de enfermeiros e 211 de técnicos de enfermagem.

Em Ipanema, o posto médico fica na Praça Nossa Senhora da Paz e os próximos dias de funcionamento serão 17, 18, 19, 20 e 21 de fevereiro. Em Copacabana, está na Praça do Lido com a próxima operação nos dias 17, 18, 20, 21 e 25. Já no Centro são dois postos – na Praça Ana Amélia e no Largo da Carioca – que seguem funcionando nos dias 17, 18, 19, 20, 21, 22, 25 e 26.

Comlurb

A Comlurb preparou uma megaoperação de limpeza para todo o Carnaval 2023, com até 3.657 garis/dia. Para a limpeza nos seis dias de Carnaval no Sambódromo (17 a 21/02 e 25/02 – Desfile das Campeãs), a Companhia vai contar com uma equipe de até 889 garis por dia, que vão trabalhar com 21 veículos, sendo 14 caminhões compactadores, quatro basculantes, dois mini basculantes e uma pipa d’água para lavagem da pista de desfiles com água de reúso. Entre os 34 equipamentos utilizados, estão: 20 sopradores, 12 mini varredeiras e duas caixas compactadoras. Para a coleta seletiva foi selecionada uma equipe de 22 garis. Outros 20 garis de limpeza hospitalar estarão distribuídos nos sete postos de saúde da Marquês de Sapucaí. Serão instalados 800 contêineres de 240 litros para que o público possa fazer o descarte correto dos resíduos.

Uma outra equipe, de até 145 garis/dia, fará a limpeza das partes externas do Sambódromo e do Terreirão do Samba, com apoio de dois caminhões compactadores. Nesses pontos serão instalados 100 contêineres de 240 litros. Já o carnaval da Nova Intendente, que terá os desfiles nos dias 19, 20, 21, 24 e 25/02, contará com até 131 garis/dia, que farão os serviços de remoção dos resíduos com apoio de seis caminhões compactadores, uma varredeira de grande porte e duas mini varredeiras. Em todo o trajeto da Avenida Ernani Cardoso, palco dos desfiles, e ruas do entorno serão disponibilizados 200 contêineres de 240 litros.

Com a expectativa de contar com cinco milhões de pessoas brincando nas ruas em 2023, a Comlurb preparou uma megaoperação de limpeza para a passagem dos blocos, com até 2.450 garis nos dias com o maior número de blocos nas ruas. Serão disponibilizados até 1.000 contêineres de 240 litros e até 700 caixas metálicas de 1.200 litros por dia, nas áreas de concentração dos blocos. Em relação a veículos, serão postos em operação até 57 caminhões compactadores, 16 basculantes, oito varredeiras de grande porte, e 18 pipas d’água e 19 vans lava jato para lavagem das vias com água de reuso. Entre os equipamentos, serão utilizados diariamente até 90 sopradores, 40 pulverizadores costais e 18 varredeiras de médio porte.

Durante todo o período de carnaval, a Comlurb contará com a fiscalização do Lixo Zero nas ruas. A Companhia alerta que quem for flagrado urinando em via pública será autuado e receberá uma multa no valor de R$748,21. Já a multa para quem for pego jogando pequenos resíduos nas ruas, como latas de bebidas, copos e garrafas descartáveis, guimbas de cigarro e pequenas embalagens de lanches será no valor de R$273,09.

CET-Rio

A CET-Rio vai atuar com 250 operadores de trânsito por dia. Serão 43 motocicletas, 25 viaturas, nove reboques e 23 painéis de mensagens variáveis.

Sambódromo – Principais interdições

Sexta (17/2)

0h: Av. Pres. Vargas para movimentação de carros alegóricos;
11h: Rua Benedito Hipólito;
15h: Entorno imediato ao sambódromo;
17h: Av. Pres. Vargas, sent. Candelária + Rua Carmo Neto + Rua de Santana;
19h30 – Fechamento TOTAL: Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março, sent. Zona Sul.

Sábado (18/2)

9h: Liberação da Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março + Av. Pres. Vargas, pista central, sent. Candelária;
17h: Av. Pres. Vargas, sent. Candelária;
19h – Fechamento TOTAL: Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março, sent. Zona Sul.

Domingo (19/2) e segunda-feira (20/2)

9h: Liberação da Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março;
19h – Fechamento TOTAL: Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março, sent. Zona Sul.

Terça-feira (21/2)

9h: Liberação da Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março + Rua de Santana + Rua Carmo Neto;
16h: Rua Carmo Neto + Rua Júlio do Carmo.

Quarta-feira (22/2)

5h -Todo o fluxo liberado.

Sábado (25/2)

0h: Av. Pres. Vargas para movimentação de carros alegóricos + Entorno imediato ao sambódromo;
14h: Av. Salvador de Sá + Rua Carmo Neto + Av. Pres. Vargas, sent. Candelária;
17h: Av. Pres. Vargas, sent. Candelária + Rua Carmo Neto + Rua de Santana;
19h – Fechamento TOTAL: Rua Frei Caneca + Av. 31 de Março, sent. Zona Sul + Rua de Santana.

Domingo (26/2)

12h -Todo o fluxo liberado

Nova Intendente

Sobre o Carnaval na Intendente Magalhães, a principal alteração é a utilização da Av. Ernani Cardoso como área de desfile, já que em anos anteriores era utilizada apenas como área de concentração. Além dos dias de desfiles, para as ações para montagem das estruturas será necessária a interdição da Av. Ernani Cardoso nos dias e horários a seguir:

Interdição total da Av. Ernani Cardoso no trecho entre a Rua Domingos Lopes e a Rua Padre Manso:

Na quinta-feira (16/02) e na sexta-feira (17/02) das 22h às 5h

De sábado (18/02) até quarta-feira (22/02) – das 12h de sábado até às 7h de quarta

Na quarta-feira (22/02) e na quinta-feira (23/02) a interdição será parcial, permanecendo com 2 faixas liberadas para circulação dos veículos das 7h de quarta às 22h de quinta

Na quinta-feira (23/02) a partir de 22h será feita nova interdição total, permanecendo assim até às 5h de segunda-feira (27/02)

Já a Estrada Intendente Magalhães será interditada nos mesmos trechos que eram utilizados para os desfiles nos anos anteriores.

No Sentido Campinho, a interdição será no trecho entre a Rua Anália Franco e a Rua Domingos Lopes, nos seguintes dias e horários:

Domingo (19/02), segunda-feira (20/02), terça-feira (21/02), sexta-feira (24/02) e Sábado (25/02) – das 16h às 7h

Domingo (26/02) – das 16h às 5h

No sentido Vila Valqueire, a interdição será no trecho entre a Rua Domingos Lopes e a Rua Pereira de Figueiredo

Domingo (19/02), segunda (20/02), terça (21/02), sexta (24/02) e sábado (25/02) – das 19h às 7h

Domingo (26/02) – das 19h às 5h

Com a interdição da Av. Ernani Cardoso, a rota de desvio em direção ao Méier / Centro é a seguir pelo Viaduto Negrão de Lima e a Rua Carolina Machado. Em função da quantidade de bloqueios viários é recomendado aos motoristas que evitem circular pela região nos dias dos eventos, buscando trajetos alternativos para seus deslocamentos. Sinalização de orientação está sendo instalada na região e equipes de operadores de tráfego estarão posicionados em diversos pontos para orientar motoristas e pedestres.

Transportes

As linhas de ônibus sofrerão modificações nos itinerários que passam por áreas interditadas. Metrô e Supervia funcionarão durante a madrugada, e táxis terão pontos de embarque no entorno do Sambódromo.

Veja abaixo como os modais devem operar nos dias de desfile:

Ônibus

Sambódromo: dias 17, 18, 19, 20 e 21; 25 e 26 de fevereiro

Como nos anos anteriores, todas as linhas de ônibus das Zonas Norte e Oeste para o Centro e Zona Sul farão desvio pelo Rio Comprido. As linhas provenientes da Zona Sul circularão pela pista lateral da Avenida Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira.

Clique aqui para ver as alterações nos itinerários de cada linha:

Para saber mais, acesse este site.

BRT

A MOBI-Rio informa que as pessoas que quiserem se deslocar para os desfiles da Nova Intendente via BRT deverão utilizar as estações Campinho ou Pinto Teles para a chegada ao evento. O retorno deverá ser realizado pelo Terminal Paulo da Portela.

Funcionamento durante os dias de desfile:

Estações Campinho e Pinto Teles – 9h às 21h

Demais Terminais e Estações – 4h à 0h

Programação da operação para os dias de carnaval:

Sábado (18/2) – planejamento normal de sábado

Domingo (19/2) – planejamento de sábado

Segunda (20/2) – planejamento de sábado, com reforço dos serviços eventuais SE001 (Alvorada x Santa Cruz) e SE003 (Alvorada x Pingo D’Água)

Terça (21/2) – planejamento de sábado.

Quarta (22/2) – planejamento dos dias úteis.

Supervia

Nova Intendente

As estações de trem de Madureira e de Cascadura poderão ser utilizadas para chegada ao local de desfile do Carnaval da Nova Intendente. Segundo a Supervia, as estações funcionarão nos seguintes horários:

Sambódromo

Estação Central do Brasil não fecha desde sexta de manhã (17/2) até terça de noite (21/2 – 20h30) – Funcionamento 24 horas

Trens extras para Japeri e Santa Cruz durante a madrugada e para Saracuruna no início do dia, partindo de Central do Brasil

Demais estações abertas apenas para desembarque

17/2 (Sexta-feira) – Grade regular de dias úteis.

18/2 e 25/2 (Sábado) – Grade regular de sábado.

19/2 (domingo), 20/2 (segunda-feira), 21/2 (terça-feira), 26/2 (domingo) – Grade regular de domingo.

VLT

A circulação dos trens será mantida normalmente até que sejam identificadas aglomerações de pessoas na via pública que possam impactar a circulação dos trens ou a segurança de usuários e pedestres. Tão logo haja dispersão da multidão, a operação será imediatamente retomada.

MetrôRio – Operação 24h

Metrô – Linhas 1, 2 e 4

De sexta (17/2) a terça-feira (21/2): funcionamento 24 horas, sem interrupção, a partir das 5h de sexta-feira (17/2) até meia-noite de terça-feira (21/2)

Quarta-feira (22/2): funcionamento normal, 5h à meia-noite

Desfile das Campeãs: serviço sem interrupção, a partir das 5h de sábado (25/2) até as 23h de domingo (26/2)

Estações indicadas para acesso à Sapucaí

Setores pares: Praça Onze

Setores ímpares: Central do Brasil

Táxis – Sambódromo

Setor par

Entre os dias 17 e 21, e 24 e 25 de fevereiro, o acesso dos táxis às áreas bloqueadas se dará da seguinte forma:

Até as 21: Liberado para todos os táxis;

Das 21 às 8h: Somente Táxi.Rio e Táxi Especial;

Após as 9h: Liberado a todos os táxis.

Endereço dos pontos:

Ponto Táxi Rio

Rua Afonso Cavalcanti, 275.

Ponto de Táxi comum

Rua Estácio de Sá, Próximo ao metrô, sentido Tijuca.

Ponto de Táxi Especial

Rua Tomás Rabelo.

Setor ímpar

Endereço dos pontos:

Ponto de Táxi Comum

Alça de acesso à Avenida 31 de março.

Ponto de Táxi Especial

Avenida Salvador de Sá, sob viaduto da Avenida 31 de Março.

Bandeira 2

A SMTR autorizou a cobrança de Bandeira 2 nos táxis no período de Carnaval. A cobrança diferenciada entrará em vigor a partir das 18h do dia 17 de fevereiro (sexta-feira), até as 12h do dia 22 de fevereiro (Quarta-feira de Cinzas). E das 18h do dia 25 de fevereiro (sábado), até as 6h do dia 27 de fevereiro (segunda-feira).

Rioluz

O Sambódromo recebeu a modernização de toda a sua iluminação, aumentando para 490 novos projetores e luminárias em LED na Avenida. Ao longo de toda a passarela do samba, os carnavalescos poderão contar também com luzes coloridas de RGB, uma tecnologia que estreou no Carnaval do ano passado e que, este ano, traz uma novidade: As luzes coloridas se acenderão no ritmo da bateria das escolas de samba, deixando ainda mais animado o maior show da terra.

A iluminação cênica (colorida) no Sambódromo é controlada por técnicos em uma sala com 14 câmeras para facilitar o movimento dos projetores. O projeto é desenvolvido através de equipamentos que fazem a programação 3D e monitorado pelas câmeras em tempo real. Do lado de fora da Avenida, a Rioluz também reforçou a iluminação nas ruas ao entorno e instalou câmeras de monitoramento para assegurar a segurança dos foliões enquanto chegam ao Sambódromo. Da Avenida Francisco Bicalho até a Central são 58 câmeras no entorno do Sambódromo.

Durante o desfile das escolas de samba, que acontece entre sexta (17/2) e o dia (25/2), cerca 180 colaboradores com três equipes com caminhão cesto-aéreo da Rioluz e da subconcessionária Smart Luz, estarão em esquema de plantão, dotadas de caminhões cesto aéreo com ferramentas e equipamentos para pronto atendimento da iluminação pública nas ruas de acesso a área de desfile.

Já no Carnaval da Nova Intendente, a Rioluz elaborou um novo projeto de iluminação em LED na rua: serão ao todo 40 projetores e 95 luminárias mais potentes e que, após o Carnaval, ficarão no local como legado para o bairro. Além disso, a Operação Caça Fios atuou naquela rua no trecho do desfile e recolheu, cerca de 200 quilos de rede de telefonia inoperantes. A Rioluz terá no local 36 colaboradores de plantão.

No Terreirão do Samba, a Rioluz fez a manutenção da iluminação da área e proverá o fornecimento de energia para todo o comércio existente no interior do evento. Além disso, vai disponibilizar 15 colaboradores de plantão.

A Rioluz também fez a manutenção e reforço na iluminação de locais por onde passarão blocos, entre os quais a Avenida Chile e a Cinelândia, na região Central. A companhia também vai prover pontos de energia para alimentação de palcos, posto médico e banheiros.

Centro de operações rio (COR)

O Centro de Operações Rio vai monitorar a cidade por meio de 2.500 câmeras nos dias de folia com 500 profissionais, trabalhando em três turnos, 24 horas por dia. O equipamento reúne 30 órgãos públicos e concessionárias que trabalham de maneira integrada. Com 1.582m² e três andares, o novo prédio do COR agora conta com uma sala de operações com 446 m² e um telão de 104 m², com um videowall formado por 125 telas de 55 polegadas, o maior da América Latina, além de 115 posições de monitoramento para operadores e gestores. Assim como aconteceu no último Réveillon, o telão do COR ganhará uma identidade visual específica para o Carnaval.

Especificamente na Marquês de Sapucaí, um posto avançado do Centro de Operações Rio será montado para que os operadores do COR, dois por turno, possam acompanhar a situação do trânsito no entorno do Sambódromo. Ao todo, são aproximadamente 50 câmeras na região. Em caso de ocorrências, os operadores serão os responsáveis pelo acionamento dos coordenadores na Sala de Controle do COR, que tomará as medidas cabíveis.

Outra novidade do COR no Carnaval 2023 é a parceria com o Waze. Equipes de editores de mapas do aplicativo vão atuar dentro da Sala de Controle do equipamento público. Todas as alterações no trânsito serão incluídas no App com ainda mais agilidade e em tempo real. O Waze vai sinalizar no aplicativo, em tempo real, fechamento de ruas e desvios em áreas de saída dos blocos e trios elétricos.

O Centro de Operações vai instalar ainda 18 novas câmeras na Estrada Intendente Magalhães, na Avenida Ernani Cardoso e ruas próximas, no Campinho, Zona Norte, local de desfile de mais de 70 escolas de samba das séries Prata, Bronze e Grupo de Avaliação. Os equipamentos estão em fase final de implementação para que possam transmitir imagens para o Centro de Operações Rio em tempo real. Os aparelhos vão auxiliar no monitoramento durante o Carnaval e ficarão de legado para a cidade após o período de folia, ampliando assim o quantitativo de câmeras na região. Vale lembrar que o Centro de Operações Rio possui 2.500 câmeras distribuídas por todas as regiões da cidade.