Início Plantão Rio Prêmio Abdias Nascimento inscreve até 31 de julho

Prêmio Abdias Nascimento inscreve até 31 de julho

lancaab

 

 

3º Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento recebe até 31 de julho inscrições de trabalhos jornalísticos de todo o Brasil. Serão distribuídos R$ 35 mil em prêmios para as categorias Mídia Impressa (jornal/revista), Televisão, Rádio, Mídia Alternativa/Comunitária, Internet e Fotografia, além da Categoria Especial de Gênero Jornalista Antonieta de Barros.

 

 

Para concorrer, as reportagens e fotografias devem ter sido publicadas ou veiculadas entre 1º de agosto de 2012 e 31 de julho de 2013 e estar de acordo com oRegulamento. A inscrição, de até três trabalhos por categoria, deve ser feita no site www.premioabdiasnascimento.org.br. O mesmo trabalho pode ser inscrito também na categoria especial de gênero, o que dá a chance de ganhar até R$ 10 mil.

 

 

Com o slogan Jornalismo que busca a igualdade merece fazer a diferença, o Prêmio Abdias Nascimento valorizará reportagens que contribuírem para a compreensão do racismo contemporâneo e que estimularem o combate e a eliminação do preconceito e da discriminação racial, promovendo os direitos humanos. A escolha dos/as vencedores/as será feita por Comissão Julgadora independente.

 

 

Podem ser inscritos trabalhos sobre os seguintes temas: mercado de trabalho, racismo no esporte, saúde e população negra, juventude negra, ações afirmativas, mulheres negras, populações tradicionais e intolerância religiosa, por exemplo. Mais sugestões estão disponíveis no site. Lá podem ser encontradas também informações sobre quem foi Abdias Nascimento e sobre a questão racial na mídia brasileira.

 

 

O Prêmio Jornalista Abdias Nascimento é uma iniciativa da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-Rio), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e homenageia o ex-senador e intelectual Abdias Nascimento, símbolo da luta contra o racismo no país. Conta com o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e das Cojiras do DF, SP, AL, PB, BA e do Núcleo de Jornalistas Afro-Brasileiros (do Rio Grande do Sul).

 

 

Mais informações: (21) 3906-2450 e [email protected]