Início Plantão Mundo Pressão para que “Guardian” seja processado após caso Snowden aumenta no Reino...

Pressão para que “Guardian” seja processado após caso Snowden aumenta no Reino Unido

Na quinta-feira (10/10), o diário britânico The Guardian publicou uma reportagem em que relata que pressão para o periódico seja processado só aumenta no pais. O motivo da ação seria a divulgação dos vazamentos cometidos por Edward Snowden, ex-técnico da CIA, que revelam um amplo esquema de espionagem americano.

Crédito:Reprodução
 
 
 
De acordo com o jornal, as intenções de processá-lo cresceram agora que o vice-primeiro-ministro, Nick Clegg, e a secretária de Estado para os Assuntos Internos, Theresa May, uniram-se ao primeiro-ministro contra a publicação.
 
 
 
Os políticos descreveram as revelações feitas pelo Guardian como um “presente” para terroristas. David Cameron teria sido enfático ao defender que o jornal estava entregando a inimigos a vantagem de que precisavam para “atacar à vontade”.
 
 
 
Na Câmara dos Comuns, parlamentares querem saber se o jornal violou a lei ao transportar informações pessoais “sensíveis” sobre agentes do Reino Unido em todo o mundo.
 
 
 
O material estaria incluído nos 58 mil documentos secretos sendo transportadas por David Miranda, o parceiro do jornalista Glenn Greenwald. O jornal estava pagando por seus vôos quando foi detido no aeroporto de Heathrow, em agosto.