Início Destaque Primeiro prêmio ‘Empoderadas’, dia 31 de março, em Copacabana, RJ

Primeiro prêmio ‘Empoderadas’, dia 31 de março, em Copacabana, RJ

Porque lugar de mulher é onde ela quiser e nós estamos aqui para garantir isso!

O Programa EMPODERADAS, idealizado e implantado por Érica Paes, ex-atleta e campeã de MMA, surgiu diante da preocupante situação de vulnerabilidade a que todas as meninas e mulheres estão expostas em seu dia a dia, sejam nos espaços doméstico ou público, com o intuito de minimizar as diferenças, desafiar os limites e aproximar as realidades, além de incluir e atuar na prevenção ou no enfrentamento da causa feminina e de todas as áreas sociais.

Tornando-se uma referência nacional, o projeto firma-se como um programa e uma nova estratégia que apareceu como uma possibilidade de fortalecer, ampliar e complementar as políticas de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, sendo hoje parte dos programas governamentais já executados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH).

O Programa EMPODERADAS possui 3 anos de funcionamento e, ao longo desses anos de existência, ajudou e segue ajudando milhares de mulheres em todo o Estado do Rio de Janeiro, por meio de seus programas de treinamento, cursos profissionalizantes e rede de apoio que conta com advogadas, psicólogas e assistentes sociais para um melhor acolhimento das mulheres assistidas.

O programa conta com 30 Polos localizados por todo Estado do Rio de Janeiro, que promovem o atendimento de, aproximadamente, 120 mil mulheres.

Em comemoração ao sucesso do Programa, esse ano promoveremos pela primeira vez o PRÊMIO EMPODERADAS 2022, que tem por finalidade celebrar os resultados incrivelmente positivos na vida de tantas mulheres no Estado do Rio de Janeiro, ao longo desses 3 anos e premiar pessoas que se destacaram no apoio a esta causa tão nobre.

O Prêmio Empoderadas 2022 ocorrerá no dia 31 de março de 2022, às 16h, no Hotel Hilton Copacabana, situado na Avenida Atlântica, n.º 1020, e contará com a presença de 200 pessoas no coquetel, entre estas estarão colaboradores e personalidades de grande relevância para a existência do Programa Empoderadas, bem como da pasta de enfrentamento à violência contra mulheres do Estado do Rio de Janeiro e fortalecimento das causas femininas.

Ao todo 18 pessoas serão premiadas, como uma forma de homenagem que representa toda a gratidão e reconhecimento por seus trabalhos ativos no enfrentamento à violência contra as mulheres, com o empreendedorismo feminino, com a saúde da mulher, e todo o fortalecimento da luta feminina.

Dentre os Homenageados, temos artistas, formadores de opinião, autoridades, políticos, policiais, juízas, promotoras que atuam de forma eficaz na luta de resignificação da vida das mulheres vítimas de violência, das quais destacamos algumas abaixo:

● Luiza Brunet – Ex modelo, madrinha do projeto Empoderadas.
● Cláudia Moraes – Tenente-coronel da PM do Rio de Janeiro, criou um programa para reduzir a zero o índice de feminicídios entre as mulheres atendidas – a Patrulha Maria da Penha – está entre os ganhadores do Prêmio Espírito Público, integrante do Fórum Permanente de Violência Doméstica e de Gênero da Escola de Magistratura do Rio de Janeiro;
● Glória Perez – Escritora, roteirista, produtora e autora brasileira, promotora da alteração da Lei de Crimes Hediondos, coletando ao todo 1,3 milhões de assinaturas com o fim de tornar o Homicídio Qualificado, praticado por motivo torpe ou fútil em Crime Hediondo, tornando-se assim criadora da primeira emenda popular da história brasileira.
● Dra. Gabriela Manssur – Promotora de Justiça no Estado de São Paulo, Fundadora e Presidente do Instituto Justiça de Saia, Especialista na Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, Integrante do Comitê Nacional ELES POR ELAS – HE FOR SHE – da ONU Mulheres e a Associação Brasileira de Mulheres das Carreiras Jurídicas;
● Dra. Elen Barbosa – Juíza de Direito Titular do Juizado Especial Cível e do Juizado Especial Criminal e de violência Doméstica e Familiar contra Mulher da Comarca de Três Rios/RJ. Coordenadora do Programa Flor de Lótus, que tem como objetivo a prevenção e a diminuição da reincidência dos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. Representante da Região Sudeste junto ao FONAVID – Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Membro da COEM – Coordenaria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.
● Rosângela Gomes – Deputada Federal com extensa luta pela defesa das mulheres, combate à violência e ao racismo, responsável pelo Programa Mulheres Republicanas em todo o país.

SERVIÇO
Data: 31 de março de 2022
Início da premiação: 16h
Início da transmissão ao vivo pelo instagram: 16:10h @empoderadas.rj
Palestra: Marta Lívia Suplicy
Local: Hotel Hilton, Av Atlântica, n.º 1020, Copacabana, RJ

Premiação nobre:
1. Tenente Wanderlan;
2. Pedro Paulo;
3. Dra. Elen Barbosa;
4. André Ceciliano
5. Dra. Carla Araújo;
6. Coronel Cláudia Moraes;
7. Deputada Soraya Santos;
8. Dra. Sara Gama;
9. Dra. Valéria Scarance;
10. Laura Castignini;
11. Dra. Gabriela Manssur
12. Marta Lívia Suplicy;
13. Luiza Brunet;
14. Glória Perez;
15. Secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Matheus Quintal;
16. Governador Cláudio Castro e Primeira Dama Analine Costa de Castro e Silva;
17 e 18 são premiações surpresas

Assessoria de Comunicação
Mauricio Aires e Rogerio Alves
Amigos Assessoria de Comunicação