Início Plantão Rio Programa Sena Limpa destinará R$ 31 milhões a São Conrado

Programa Sena Limpa destinará R$ 31 milhões a São Conrado

O projeto Sena Limpa, do Governo do Estado em parceria com a prefeitura do Rio, acaba de chegar ao bairro de São Conrado, que terá duplicada a linha de esgoto e a capacidade de bombeamento de sua elevatória. O conjunto de obras será realizado pela Cedae e pela Rio Águas, em ambos os casos com recursos do Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano), no valor de R$ 15,5 milhões para cada órgão. A previsão é trocar, ampliar e modernizar as tubulações e a elevatória de esgoto do bairro.

 

Programa Sena Limpa destinará R$ 31 milhões a São Conrado

 

A Cedae já contratou empresa, através de licitação, para fazer a modernização e ampliação da estação elevatória de esgotos e a duplicação da linha de recalque (dutos). O projeto já prevê adequação à ciclovia que será construída pela prefeitura na Avenida Niemeyer. A empresa ainda está em fase de levantamento topográfico e sondagem, mas tem prazo de um ano, a contar de julho, para concluir as intervenções.

 

Por sua vez, a Rio Águas contratou empresa para fazer uma galeria de cintura de águas pluviais prevista para ir da frente do Gávea Golf Clube até o túnel do Joá, com o objetivo de eliminar seis línguas negras da Praia de São Conrado. A empresa fará também obras de captação do Rio Canoas, na Estrada das Canoas, e do Rio Pires – que passa atrás do shopping Fashion Mall. Ambos terão as águas direcionadas à elevatória de São Conrado, em tempo seco.

 

Será construída, também, uma galeria subterrânea entre o Hotel Nacional e a Rocinha para levar o fluxo de esgoto, em tempo seco. As intervenções da Rio Águas estão previstas para durar um ano, a contar de agosto.

 

“O conjunto de obras tornará o sistema muito mais seguro. A incidência de vazamento de esgoto para a Praia de São Conrado será extremamente reduzida, nos dias sem chuva”, explicou Gelson Batista Serva, coordenador geral do Sena Limpa.

 

Leblon também será beneficiado

 

O Leblon também está começando a receber as primeiras ações do programa. Lá, a Secretaria do Ambiente está fazendo, desde o início de junho, o processo de teleinspeção, para identificar os lançamentos de esgoto clandestinos pelas águas pluviais. O bairro terá suas três estações elevatórias modernizadas e a rede de esgoto ampliada.

 

“Vamos iniciar a contratação para ampliação da rede do Leblon até o fim deste mês, através de processo licitatório. A estimativa é de que as obras comecem até o início de 2014”, afirmou Serva.

 

Lançado em 2012, com investimentos de R$150 milhões, o Programa Sena Limpa tem como objetivo despoluir seis das principais praias do Rio de Janeiro até 2014. É um trabalho conjunto da Secretaria de Estado do Ambiente (Sea), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), da Cedae, Rio Águas e Comlurb. As obras na Praia da Bica, na Ilha do Governador, na Praia da Urca e Praia Vermelha já foram iniciadas.

 

Governo do Estado