Início Plantão Rio Projeto “Rival + tarde”

Projeto “Rival + tarde”

Quem já teve oportunidade de ver a banda incendiar redutos do underground carioca, como o extinto Cine Buraco ou o mais recente Pista 3, sabe muito bem: o Paraphernalia faz um dos shows mais animados que partem do Rio de Janeiro para o mundo. O frescor e a musicalidade dos jovens e talentosos integrantes da banda, mais avibração da galera que curte esse som instrumental quente, faz de qualquer show do Paraphernalia uma experiência quase transcendental.  O Show acontece noprojeto Rival + Tarde, sábado,dia21, às 23h30,no palco do Teatro Rival Petrobras.

 

O embrião doParaphernalia surgiu em 2001, quando o guitarrista Bernardo Bosisio e o contrabaixista Alberto Continentino se uniram para um novo projeto. Após algumas formações, o grupo chegou à configuração atual, com alguns dos mais tarimbadose requisitados músicos da cena carioca: Donatinho nos teclados, Felipe Pinaudna flauta, Leandro Joaquim no trompete, Marlon Sette no trombone, Renato“Massa” Calmon na bateria e Joca Perpignan na percussão, além dos já citadosBosisio e Continentino.

 

Nos últimos anosvários deles também participaram de discos e shows de Marcos Valle, JoãoDonato, Eumir Deodato, Lincoln Olivetti, Kassin, Gal Costa, Celso Fonseca, Vanessada Matta e Adriana Calcanhotto, entre muitos outros, e tocam projetos paraleloscomo o Sobrado 112, a Abayomy Afrobeat Orquestra e o Fino Coletivo.

 

O som doParaphernalia é instrumental pop e dançante, potente e livre de convenções evirtuosismos, e abrange um vasto leque de ritmos e possibilidades, cominfluências que vão das trilhas sonoras cinematográficas e de séries de TVcriadas entre os anos 60 e 80 – mas sem americanomania – à música latina eafricana, jazz, samba, funk, disco, soul, psicodelia e música contemporânea.

 

Para vencer o desafiode fazer com que a energia que a banda irradia nos shows passasse para o áudiogravado, o Paraphernalia chamou o superprodutor Kassin e o experiente RicardoGarcia, quem depois de um tempo dedicado às primorosas masterizações volta apilotar a produção de um disco. A eles se soma o talento do engenheiro degravação e mixagem Duda Mello, indicado ao Grammy Latino em 2005 pelo seutrabalho em Jet- Samba, de Marcos Valle, e produtor do aclamado Liebe Paradiso,de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos. Foi com esse time dos sonhos que a bandagravou praticamente ao vivo no estúdio e em sistema analógico as 11 composiçõesinéditas e originais de RITMO EXPLOSIVO.

 

A Pimbaorgulhosamente põe o som do Paraphernalia na caixinha e celebra este lançamentode RITMO EXPLOSIVO! Espoquem o Champagne, pulem de Paraquedas, divirtam-se como Palhaço Birico, saúdem o Rei Salomão, Salvem as Baleias e corram pra pista!

 

Serviço:

 

Teatro RivalPetrobras

Dia 21/04 – Sábado às 23h30

Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia

 

Preço:

R$ 30,00(Os 150 primeiros pagantes)

R$ 25,00(Meia)

R$ 50,00(Inteira)

 

Classificação: 18anos

 

Capacidade: 705lugares

 

Fonte: Armazém Comunicação