Início Plantão Rio Proposta que proíbe anúncios pornográficos foi aprovada na ALERJ

Proposta que proíbe anúncios pornográficos foi aprovada na ALERJ

Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, em segunda discussão, o projeto de lei 2.235/05, que proíbe anúncios com alusão à prostituição ou pornográficos em publicações que circulem no estado. O projeto é do deputado Fábio Silva (PMDB), que defende o combate ao turismo sexual.

 

 

Em plenário, o parlamentar criticou o que considera uma contradição entre o que denunciam e anunciam os jornais.  “Os jornais, na capa, demonizam a prostituição enquanto nos anúncios, prolifera a prostituição”, criticou, após ler reproduções de matérias e de propagandas. Silva acrescentou que a proposta ajuda o combate à prostituição infantil. “Jornais e revistas não têm mecanismos eficazes para controlar quem anuncia.”, salientou.

 

 

A proposta será enviada ao governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias úteis para acatar ou vetar o texto. Caso seja transformada em lei, a norma punirá os jornais e revistas que descumprirem a proibição com advertência, multas que poderão chegar a 100 mil Ufirs ou até mesmo com o cancelamento da licença de funcionamento do veículo.

 

ALERJ

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns ao jovem deputado. Esses anúncios (que viraram uma cultura pornográfica) são vergonhosos para o nosso país e para as famílias de bem!

Comments are closed.