Início Plantão Rio Rede estadual realiza mais partos normais

Rede estadual realiza mais partos normais

De todos os partos realizados nas maternidades administradas pela Secretaria de Saúde, 80% são normais. De janeiro a maio de 2012, foram 6.787 partos normais, contra 1.827 cesáreas nos seis principais hospitais do Estado. A estatística está de acordo com a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. A unidade líder de partos normais no Estado do Rio de Janeiro é o Hospital Estadual Rocha Faria. Nos cinco primeiros meses do ano, foram 2.343, contra 107 cesarianas.

 

Em segundo lugar, está o Hospital Estadual Albert Schweitzer, com 1.694 procedimentos normais. A OMS recomenda taxa entre 15% e 30% de cesáreas. Todas as maternidades do Estado cumprem essa meta, sendo o Rocha Faria a unidade com a menor taxa (4,4%). O Hospital da Mulher Heloneida Studart, especializado em partos de alta complexidade, é o único que fica acima, com 38% de cesarianas.

 

Procedimento natural tem mais vantagens

– No Brasil, as pessoas creem, de forma equivocada, que a cesárea é melhor. Muitas mães acham que vão sentir mais dor ou correr risco se fizerem parto normal. Isso não é verdade. O médico deve orientar as famílias sobre as vantagens deste procedimento natural – disse o médico Juciney Pacheco.

 

Dados do Ministério da Saúde apontam que, em 2010, o Brasil registrou mais cesarianas do que partos normais. Na rede privada, o índice de partos cesáreos chega a 82% e na rede pública, 37%. A Secretaria de Saúde também investe no parto humanizado, já implementado no Hospital da Mulher Heloneida Studart, no Hospital Estadual Albert Schweitzer, no Hospital Estadual Rocha Faria e, agora, no recém-inaugurado Hospital Estadual da Mãe, em Mesquita, na Baixada Fluminense.

 

Fonte: Governo do Rio