Início Plantão Brasil Rede Social do Café completa sete anos

Rede Social do Café completa sete anos

Em 28 de junho de 2013, a Rede Social do Café, um dos principais canais de consulta e troca de informações e conhecimentos na Internet sobre setor cafeeiro e café, completa sete anos de existência. Hospedada na plataforma Peabirus, a comunidade virtual tem se firmado ano a ano no cenário tecnológico das redes sociais como a única que reúne num só lugar todas as informações necessárias para quem atua e se interessa por cafeicultura. Mediada pelo pesquisador do Instituto Agronômico – IAC Sérgio Parreiras Pereira, tem apoio do Consórcio Pesquisa Café, cujo programa de pesquisa é coordenado pela Embrapa Café, e conta com a parceria da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – Fapemig e do Polo de Excelência do Café.

 

 

Números em alta – Atualmente, a comunidade virtual possui mais de 4 mil membros, sendo totalmente interativa e democrática. De um ano para cá, a Rede Social do Café apresentou números expressivos de crescimento: aumento de 12% na inserção de novos membros, passando de 4000 para 4479 integrantes. Os acessos aumentaram de 5 milhões para cerca de 7,3 milhões, representando um aumento de 46%.

 

 

Conteúdo e colaboradores – A Rede Social do Café é atualizada diariamente com notícias e vídeos referentes ao clima, cotação, comercialização e agroindústria, manejo de pragas e doenças, colheita, pós-colheita e mecanização. Tratando de temas relevantes para a cafeicultura, permite a atualização do conhecimento e a difusão de tecnologia na Internet. A comunidade conta com a contribuição e a colaboração de pesquisadores, professores, produtores, empreendedores rurais, entre outros.

 

 

CaféWebTV – Faz parte da Rede Social do Café, o programa CaféWebTV, que apresenta conteúdo audiovisual de entrevistas e variedades ligado ao ramo cafeeiro. A equipe do programa atua na cobertura de eventos de destaque do setor e na produção de cardápio de palestras e dias de campo que, posteriormente, são produzidos e compartilhados no site.

 

 

O endereço da Rede Social do Café é www.redesocialdocafe.com.br. Para fazer parte, é só se cadastrar. Acesse também o Facebook (http://www.facebook.com/redesocialdocafe) e o Twitter (@redesocialcafe).

 

 

Avanços da cafeicultura no Brasil – Segundo o Informe Estatístico do Café – Dcaf/Mapa – a produção e a produtividade do café, em 1997, quando da criação do Consórcio Pesquisa Café, era de 2,4 milhões de hectares de área cultivada, com produção de 18,9 milhões de sacas de 60kg e produtividade de 8,0 sacas/hectare. Passados 16 anos, em 2013, de acordo com o segundo levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab (maio/2013), com praticamente a mesma área cultivada – 2,3 milhões de hectares – o País deverá produzir 48, 5 milhões de sacas, com uma produtividade de 23,8 sacas/ha.

 

 

Consórcio Pesquisa Café – Criado em 1997, congrega instituições de pesquisa, ensino e extensão localizadas nas principais regiões produtoras do País. Seu modelo de gestão incentiva a interação das instituições e a otimização de recursos humanos, físicos, financeiros e materiais. Foi criado por dez instituições: Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – Epamig, Instituto Agronômico – IAC, Instituto Agronômico do Paraná – Iapar, Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro – Pesagro-Rio, Universidade Federal de Lavras – Ufla e Universidade Federal de Viçosa – UFV.

 

Assessoria de Imprensa