Início Plantão Rio Renda Melhor beneficia 2.774 famílias em Barra Mansa

Renda Melhor beneficia 2.774 famílias em Barra Mansa

O Governo do Estado lança, nesta sexta-feira (26/09), os programas Renda Melhor e Renda Melhor Jovem no município de Barra Mansa, na região do Médio Paraíba. Mais de R$ 227 mil mensais vão complementar o orçamento de 2.774 famílias na cidade, enquanto o Renda Melhor Jovem beneficiará 422 estudantes do Ensino Médio da rede estadual de ensino.

As iniciativas fazem parte do Rio Sem Miséria, plano estadual de superação da pobreza extrema no Rio de Janeiro.

O Renda Melhor é um programa de transferência de renda voltado para famílias que recebem o Bolsa Família e que, mesmo assim, vivem com rendimento inferior a R$ 100 per capita. Os valores recebidos mensalmente variam entre R$ 30 e R$ 300 e são calculados de acordo com a condição de pobreza de cada família. O pagamento é feito através de cartão compartilhado, seguindo o calendário de pagamento do programa Bolsa Família.

Já o Renda Melhor Jovem é uma poupança-escola anual e contempla integrantes das famílias beneficiadas pelo Renda Melhor que estejam matriculados na Rede Regular de Ensino Médio Estadual e tenham até 18 anos incompletos. O estudante ganhará benefícios de R$ 700, R$ 900 e R$ 1 mil ao ser aprovado no fim de cada ano letivo da 1ª, 2ª e 3ª série, respectivamente. Caso curse Ensino Profissionalizante, ao final do último ano, o estudante receberá ainda R$ 1,2 mil.

 

A dona de casa Lucimária Souza Batista, de 35 anos, – uma das contempladas pelo Renda Melhor – vai utilizar o benefício para reforçar a alimentação da família.

“Como moramos de aluguel, sobra quase nada . Minha prioridade é usar esse dinheiro para abastecer minha casa com maior variedade de alimentos”, disse a moradora de Barra Mansa, mãe de três filhos.

A aposentada por invalidez Lucimar Lessa, de 41 anos, também recebe o benefício do Renda Melhor. Como é responsável pelo sustento de cinco filhas, a moradora do bairro Vila Coringa, comemora a chegada do dinheiro extra.

“Esse dinheiro vai ajudar a custear as despesas da casa e comprar remédios. Vai melhorar a vida da minha família, disse Lucimar, que sofre de problemas na tireóide.

Sua filha, Ana Paula Lessa de Oliveira, de 17 anos, ainda foi contemplada com o Renda Melhor Jovem. A estudante do 3º ano do Ensino Médio deseja fazer faculdade de medicina e acha que o benefício vai ajudá-la a realizar seu sonho.

“Sei que a faculdade de medicina é muito cara, mas juntar o dinheiro do Renda Melhor Jovem para financiar um curso pré-vestibular ou tentar um bolsa em uma universidade . Esse dinheiro pode mudar a minha vida”, afirmou a estudante.

 

Governo do Rio