Início Plantão Mundo Retirado corpo de destroços de Airbus

Retirado corpo de destroços de Airbus

A França anunciou o resgate do primeiro corpo encontrado entre os destroços do avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico em 2009. Os restos mortais de um dos passageiros foram levados a bordo do navio Ile de Sein no início desta manhã.
"Submerso durante quase dois anos, a uma profundidade de 3,9 mil metros, o corpo, ainda preso ao assento do avião, está deteriorado", diz um comunicado da direção-geral da Polícia Militar francesa.
A polícia francesa informou que o corpo, juntamente com as caixas-pretas do avião, será encaminhado, na próxima semana, a um laboratório de análise a fim de determinar a possibilidade de uma identificação por meio do DNA.
O comunicado afirma ainda que a tentativa de resgate dos corpos está sendo efetuada em condições "particularmente complexas e inéditas” e que “grandes incertezas continuam existindo em relação às possibilidades técnicas de levar os corpos à superfície".
Segundo os especialistas, os corpos podem não resistir às mudanças de temperatura da água durante a retirada. Além disso, a fortíssima pressão da água a quase 4 quilômetros de profundidade mantém a estrutura corporal coesa na água.
Oito integrantes da polícia militar francesa estão a bordo do navio Ile de Sein, que realiza a quinta fase de buscas, entre militares da polícia dos transportes aéreos, marítima e do Instituto de Pesquisas Criminais da Polícia Militar, especializado na identificação de vítimas de catástrofes.
O resgate de corpos está sob a responsabilidade da Justiça francesa. O acidente com o avião da Air France, que fazia a rota Rio-Paris, matou 228 pessoas. Apenas 50 corpos foram encontrados logo após o desastre, sendo 20 deles de brasileiros.

Fonte: Agência Brasil