Início Plantão Rio Rio de Janeiro recebe novos trens chineses a partir de abril

Rio de Janeiro recebe novos trens chineses a partir de abril

Trem-chines-no-RioEm missão oficial à China, o Governo do Estado confirmou a antecipação de setembro para abril da entrega dos primeiros novos trens comprados em 2012 para reforçar a frota da concessionária SuperVia. A previsão é de que 14 das 60 composições já estejam no Rio de Janeiro até setembro. Quando todos os veículos estiverem em operação, a oferta diária será ampliada em mais 576 mil lugares para os passageiros do sistema ferroviário.

 

As empresas China National Machinery Import and Export Corporation (CMC) e a Changchun Railway Vehicles Co. Ltd. (CNR) formam o consórcio responsável pela fabricação das novas composições. A compra dos 60 trens está sendo financiada com recursos do empréstimo de US$ 600 milhões, captado junto ao Banco Mundial. Os veículos seguirão o mesmo padrão das outras 30 composições chinesas adquiridas anteriormente.

 

“A China é o maior parceiro comercial do Brasil, com grande contribuição do Rio de Janeiro”,  disse o vice-presidente da CMC, Chen Hualing.

 

Trinta unidades já em operação

 

O trabalho de recuperação do sistema ferroviário começou com a compra pelo Estado de 30 novos trens chineses, entregues em 2012. As composições também foram financiadas pelo Banco Mundial e fabricadas pelo consórcio chinês. No total, foram investidos U$166 milhões.

 

Com capacidade para até 1,2 mil passageiros cada, os veículos contam com tecnologia de ponta e modernos circuitos de tração e frenagem.

 

As composições também são dotadas de interiores mais amplos e confortáveis, equipados com painéis de LED, circuito interno de TV, ar-condicionado e bagageiro.

 

Os 30 trens já estão em operação e representam um aumento de oferta de 288 mil novas viagens por dia na SuperVia. A CMC forneceu, ainda, 19 trens ao MetrôRio por US$ 148,2 milhões.