Início Plantão Rio Rio de Janeiro recebe o Hospital Pedro II totalmente reformado

Rio de Janeiro recebe o Hospital Pedro II totalmente reformado

 

Após ser completamente recuperado, o Hospital Municipal Pedro II foi entregue na quinta-feira, dia 7, à população da Zona Oeste. Um investimento de R$ 134 milhões devolveu a unidade com sua capacidade ampliada para 400 leitos (15% a mais do que antes da reforma), qualificando-a como uma das maiores e mais modernas emergências públicas da cidade. A cerimônia de inauguração do HMPII contou com as presenças do prefeito Eduardo Paes e dos secretários municipal e estadual de Saúde e Defesa Civil, Hans Dohmann e Sérgio Côrtes, respectivamente, além do subprefeito da Zona Oeste, Edimar Teixeira.

 

Dos 400 novos leitos da unidade, 67 são de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o que representa um aumento de 150% em relação aos existentes anteriormente. Além disso, as obras contemplaram o Centro de Tratamento de Queimados, que recebeu um centro cirúrgico especial. Também foram reformuladas a maternidade de alto risco, o setor de neonatologia e o setor de pediatria, além das clinicas cirúrgicas em geral.

 

O prefeito visitou as instalações e afirmou que a reabertura do hospital encerrava um ciclo naquela região:

– Fizemos toda a cobertura de saúde da família em Santa Cruz, Sepetiba e Paciência, com as Clínicas da Família e as UPAs. O Hospital Pedro II fecha este ciclo, com atendimento de qualidade e equipamentos de ponta. Além disso, estamos entregando esta unidade em um prazo recorde, uma vez que ela foi totalmente queimada e o recuperamos em um ano – afirmou Eduardo Paes.

 

Além do Centro de Tratamento de Queimados, o Hospital Municipal Pedro II oferece os seguintes serviços à população da Zona Oeste: emergência adulto e pediátrica; UTI adulto e neonatal; neurocirurgia; pediatria; clínica médica; urologia; cirurgia buco-maxilo-facial; cirurgia geral; cirurgia pediátrica; ortopedia; exames especializados de laboratório e imagem, incluindo Tomografia Computadorizada de alta resolução; setor específico para Doenças Infecto-Parasitárias (DIP); ginecologia e obtetrícia; oftalmologia; saúde mental e atendimento em doenças sexualmente transmissíveis.

 

Segundo o secretário municipal de saúde, Hans Dohmann, o projeto arquitetônico do hospital, que melhorou suas instalações anteriores, é a garantia de mais serviços para a população.

 

– Esse projeto mais moderno nos permitiu um aproveitamento de área melhor, e ainda mais adequado às necessidades dos pacientes. Por exemplo, o centro cirúrgico conta com um sistema de proteção de ar que reduz a incidência de infecção hospitalar. Além disso, os pacientes do Centro de Tratamento de Queimados poderão receber um atendimento qualificado, com salas totalmente equipadas e equipamentos de última geração. Ou seja, trata-se de um hospital moderno com uma equipe absolutamente dedicada a cumprir o papel desta unidade – disse Dohmann.

 

A cerimônia também reuniu o secretário municipal da Casa Civil, Pedro Paulo Carvalho, o presidente da RioUrbe (empresa responsável pelas obras), Armando Queiroga, lideraças comunitárias e parlamentares.

 

O Hospital Municipal Pedro II fica na Rua do Prado, 325, próximo à Avenida João XXIII.

 

Fonte: Prefeitura do Rio