Início Plantão Rio Rio é o terceiro estado em crescimento na taxa de aprovação escolar

Rio é o terceiro estado em crescimento na taxa de aprovação escolar

 

O Rio de Janeiro ficou entre os estados brasileiros que apresentaram maior crescimento na Taxa Média de Aprovação escolar, indicador que serve de base para o cálculo do Indicador de Fluxo Escolar e, por conseguinte, do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica criado pelo Ministério da Educação em 2007 para medir a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino). Entre 2009 e 2011, considerando todas as unidades da federação, a rede do Estado do Rio apresentou a terceira mais significativa melhora em termos de Taxa Média de Aprovação.

 

No Ensino Médio, o aumento na Taxa de Aprovação da rede estadual do Rio foi de 5%. Com isso, o Rio foi o terceiro estado com maior aumento nessa taxa, o que demonstra a consistência do trabalho que vem sendo realizado.

 

Comparando o desempenho da rede estadual com as redes públicas e privadas do Estado do Rio de Janeiro, a melhora da Taxa de Aprovação foi mais acentuada (meio ponto percentual). A redução do abandono (queda de 4,1%) foi mais importante do que a redução da reprovação (queda de 1,2%).

 

Quando consideradas as séries do Ensino Médio, vale notar que a 1ª série (tradicionalmente aquela em que menos se aprova em todos os estados) foi a que demonstrou maior progresso. Nela, o aumento na taxa de aprovação chegou a 5,6 pontos percentuais, o que também colocou o Rio na posição de 3º melhor estado em termos de
progresso na taxa de aprovação desta série.

 

No Ensino Fundamental, o aumento na Taxa de Aprovação também foi de cerca de 5%. Este foi o segundo maior crescimento, considerando todas as unidades da federação.

 

A melhora em Taxa de Aprovação da rede estadual, nesse segmento, foi maior que a observada na rede pública do estado como um todo, que aumentou, no período entre 2009 e 2001, 4,4 pontos percentuais. Também foi maior do que o aumento observado no conjunto total do estado (junção das redes privada e pública), cuja Taxa de Aprovação cresceu
em 3,9%.

 

De fato, a Taxa de Reprovação do Ensino Fundamental da rede estadual do Rio de Janeiro caiu 3,6 pontos e, novamente, foi a terceira melhora mais significativa entre as unidades da federação. Já a taxa de abandono caiu 1,3 pontos. Isso significa que, na rede estadual, os alunos estão abandonando menos. Isso se deve, principalmente, ao menor índice de repetência.

 

Historicamente, o Indicador de Fluxo do Estado do Rio de Janeiro vinha se deteriorando constantemente, e os índices de 2011 mostram que, de fato, houve uma guinada na política educacional, capaz de reverter o quadro de baixo rendimento. Os indicadores de “fluxo escolar” e “desempenho”, que compõem o Ideb, ainda não foram divulgado

 

Fonte: Agência Brasil