Início Plantão Rio Robôs criados por alunos da Faetec participam de competição nacional

Robôs criados por alunos da Faetec participam de competição nacional

Robo-FaetecDois robôs desenvolvidos por alunos da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia, foram escolhidos, em meio a mais de 150 projetos, para participar da XI Competição Brasileira de Robótica, que acontece entre os dias 16 e 20 de outubro, em Fortaleza, no Ceará. O evento é um dos maiores do país no setor.

 

 

Athom, que significa “aquele que nada teme”, é um pequeno robô de sistema desenvolvido pelos estudantes Raphael Castello e Roberto Croesy, ambos de 18 anos, dos cursos Técnicos em Eletrônica e em Eletrotécnica da Escola Técnica Estadual (ETE) Ferreira Viana, localizada na capital fluminense. O sistema será apresentado dentro da categoria Humanóides – máquinas eletrônicas semelhantes ao ser humano, com braços, pernas e cabeça. Acionado por meio de um dispositivo eletrônico, o robô anda sozinho.

 

 

Para o coordenador da equipe de robótica da ETE Ferreira Viana, César Bastos, a participação no evento estimula o aprendizado.

 

 

“Os alunos poderão conversar com equipes, debater outras ideias com professores e conhecer mais do que é produzido no restante do país para aplicar em projetos futuros”, ressalta o professor.

 

 

Durante as aulas da Faculdade de Educação Tecnológica (Faeterj) Petrópolis, na Região Serrana, oito alunos do curso Superior em Tecnologia da Informação e da Comunicação deram vida a SirSoccer, que também será apresentado no evento. A máquina, parecida com um carrinho de controle remoto, foi elaborada para participar da categoria Very Small Soccer, composta por máquinas inspiradas em futebol. Ligado a um computador, o aparelho possui uma câmera filmadora que capta imagens e envia comandos ditando o melhor posicionamento em campo dos jogadores.

 

 

Sob a coordenação dos professores Alberto Angonese e Eduardo Krempser, o projeto foi desenvolvido pelos estudantes Asafe Lopes, Bernardo Barbosa, Christian Mury, Johnathan Rosa, Lucas Moreira, Matthew Balanda, Oscar Neiva e Renato Paula. Segundo o diretor da Faeterj Petrópolis, Márcio Campos, o Laboratório de Sistemas Inteligentes de Robótica da unidade, onde o projeto foi elaborado, acaba sendo uma ferramenta importante no ensino e ponto de integração de diversas disciplinas, uma vez que os alunos utilizam o conhecimento que possuem em Matemática, Física e Eletrônica para aplicar na construção dos projetos.

 

 

“Procuramos sempre fomentar na unidade projetos em inovações tecnológicas. Nossa maior satisfação é ver os alunos participando dessas ações em laboratório e apresentando uma evolução no aprendizado”,  diz o diretor da Faeterj Petrópolis.

 

 

Esta é a primeira vez que os robôs são selecionados em uma competição. As equipes das duas unidades já participaram, com outros projetos, de encontros do mesmo gênero, como as edições 2010, 2011 e 2012 da Olimpíada Brasileira de Robótica.

 

 

Governo do Rio