Início Plantão Barra Seal retorna ao Brasil

Seal retorna ao Brasil

Show também acontece no Chevrolet Hall em Belo Horizonte, 23, no Ginásio Nilson Nelson em Brasília, 26, no Siara Hall em Fortaleza, e 27, no Chevrolet Hall em Recife

A apresentação do cantor Seal no Rio de Janeiro na noite do dia 19 de março no Citibank Hall conquistou o público cantando músicas antigas e novas. Com muita disposição, o cantor não parou nenhum momento, somente para o bis. Feliz, Seal agradeceu o carinho dos brasileiros e disse estar no país comemorando o vigésimo aniversário do lançamento do seu primeiro disco. Dançando e se movimentando no palco, o cantor ainda pediu que a plateia acompanhasse ele nas músicas mais conhecidas. 

Detentor de uma voz rouca e inconfundível, Seal lança seu 6º disco de estúdio pela Warner e vem ao Brasil para uma turnê que já passou por países como Alemanha, República Tcheca, Áustria, Rússia, Itália, Espanha, Turquia, França, Inglaterra, EUA, entre outros. O disco “Seal 6: Commitment” chegou às lojas em setembro de 2010 e traz um Seal em maior sintonia com o amor e a família, o que fica claro nas canções “"Secret", "The Weight of My Mistakes", "Best of Me" e "If I’m Any Closer". 

Com realização da TIME FOR FUN, a turnê passará ainda por Belo Horizonte, dia 20/03 no Chevrolet Hall, Brasília, dia 23/03 no Ginásio Nilson Nelson, Fortaleza, dia 26/03 no Siara Hall, e Recife, dia 27/03 no Chevrolet Hall.

Para as apresentações de  Belo Horizonte, Brasília e Fortaleza, clientes Credicard, Citibank e Diners contam com pré-venda exclusiva entre 26 de janeiro e 01 de fevereiro e o público em geral terá os ingressos disponíveis a partir de 02 de fevereiro. Mais informações sobre pré-venda e venda do show em Recife, além de valores e serviço de toda a turnê, serão divulgadas em breve.

Ao longo de sua notável carreira que ultrapassa mais de duas décadas, Seal já ganhou três Grammy Awards, vendeu mais de 15 milhões de álbuns em todo o mundo e fez sucesso viajando por vários gêneros musicais. Algumas de suas canções românticas como "Prayer for the Dying" (ganhadora do Grammy), "Kiss From A Rose" e "Don`t Cry", (todas do Seal II – 1994), e "Love`s Divine" (do Seal IV-2003), foram aclamadas tanto pelos fãs quanto pela crítica.

Seal também foi feliz fazendo dance e pop music, incorporando o gênero house/rave britânico em seu álbum de estreia, “Seal”, em 1991, e voltando às raízes em 2007 com o dançante “System”. Em 2008, Seal viajou pelo mundo da soul music, quando lançou o álbum “Soul”, produzido por David Foster (também produtor de seu novo trabalho). “Soul” ficou em primeiro lugar na França, permanecendo no topo da parada por 13 semanas consecutivas.

 

Fonte: Citibank Hall