Início Plantão Mundo Sebrae e Itália estendem cooperação tecnológica entre os dois países

Sebrae e Itália estendem cooperação tecnológica entre os dois países

 O Sebrae e o governo da região de Marche (Itália) assinaram, nesta terça-feira (22), durante o Fórum Econômico Brasil-Itália, em São Paulo, um protocolo de intenções para estender a cooperação entre os dois países dentro do projeto Redes de Serviços Tecnológicos. Um dos objetivos da iniciativa é aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas (MPE) brasileiras a partir da experiência italiana.

 

 

No evento, o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, ressaltou a importância das parcerias que foram desenvolvidas com o governo italiano ao longo da última década. A primeira delas, que existe desde 2008, é no segmento de madeira e móveis da região de Marche. “A incorporação de modernização, design e a aproximação entre a universidade e a indústria são as grandes lições colhidas pelo projeto no Norte do país. O Sebrae subsidiou 100% os empresários brasileiros nessa experiência de tecnologia e inovação”, disse Barretto.

 

 

Segundo o presidente do Sebrae, outra ação de cooperação foi o envio de brasileiros à Itália para acompanhar o processo produtivo de empresas na região de Marche, com o compromisso de utilizarem o conhecimento adquirido nas MPE de territórios industriais do Brasil, por dois anos.

 

 

Barretto ressaltou também a experiência adquirida com as Sociedades de Garantia de Crédito da região do Veneto, que depois foi aplicada no Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. “O Sebrae tem uma longa história de parceria com as regiões italianas. O protocolo de intenções visa expandir também a cooperação com outros setores”.

 

 

Gian Marlo Spacca, presidente da região de Marche, recebeu das mãos de Barretto os principais resultados obtidos pela parceria realizada na Amazônia com a Rede de Serviços Tecnológicos, que envolveu 600 empresas brasileiras e 50 italianas. Para ele, a cooperação entre a região italiana e a instituição brasileira poderá ser repassada a todos os estados brasileiros. “A metodologia que desenvolvemos a partir dessa experiência leva as pequenas empresas à internacionalização de seus produtos e processos”, enfatizou.

 

Missão

Duzentas companhias italianas multissetoriais, selecionadas de um total de 700 inscritas, estão no Brasil desde essa segunda-feira (21) para participar da maior missão empresarial do ano. A delegação visitará importantes polos industriais e de negócios em São Paulo, Santos e São José dos Campos (SP), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG).

 

O objetivo é promover oportunidades mútuas de colaboração, reforçando as relações bilaterais entre os dois países. A missão conta com empresas italianas de excelência em diversos setores como aeroespacial, agroalimentar, agroindústria, alta tecnologia, automotivo, ciências da vida, construção sustentável, energia, habitação social, logística e náutica, madeira, móveis e decoração, mecânica e moda.

 

A visita ao Brasil é promovida pelos ministérios italianos do Desenvolvimento Econômico e das Relações Exteriores, em conjunto com o ICE (Departamento para a Promoção de Intercâmbios da Embaixada da Itália) e com o apoio de 16 regiões italianas (Basilicata, Campanha, Calábria, Emília Romana, Ligúria, Lombardia, Marche, Molise, Piemonte, Província Autônoma de Trento, Puglia, Sardenha, Sicília, Toscana, Úmbria e Veneto).

 

 

Segundo o embaixador da Itália no Brasil, Gherardo La Francesca, hoje as empresas italianas passam por um forte processo de internacionalização. “Em minha opinião, não há país melhor que o Brasil para isso”.

 

Fonte: Assessoria