Início Plantão Rio Taxista que cobrar no “tiro” perderá permissão

Taxista que cobrar no “tiro” perderá permissão

Com base nas informações divulgadas em matéria publicada no Jornal Extra, na última quarta-feira, 19/5, sobre as tarifas cobradas por motoristas de taxis para realizar o trajeto que vai do ponto Cosme Velho Taxi até a entrada (bilheteria) do Corcovado, a Subsecretaria de Fiscalização de Transportes (SubF) instaurou uma apuração do caso no âmbito administrativo.
 
O subsecretário de Fiscalização de Transportes, Coronel PM Eduardo Frederico Cabral de Oliveira, determinou que o motorista apontado na matéria fosse convocado a prestar esclarecimentos sobre a possível cobrança abusiva de tarifa, sem a utilização do taxímetro. Caso haja a constatação desta irregularidade, este condutor terá a sua permissão cassada.
 
De acordo com o subsecretário, “a cobrança de valores fora do taxímetro – conhecida popularmente como "tiro"- é ilegal e pode resultar em penalidades administrativas, incluindo a máxima delas que significa a cassação da autonomia do permissionário do taxi”.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes