Início Plantão Rio Tecnologia para reduzir tráfego

Tecnologia para reduzir tráfego

Como  objetivo de reduzir o tempo médio de viagem em 20 corredores de tráfego da cidade, a CET-Rio deu início às obras para expansão da rede própria de dutos responsável pela comunicação e monitoramento dos semáforos que hoje operam de maneira isolada.

No  total serão investidos R$ 1 milhão em construção de dutos, instalação de cabos de comunicação e compra de equipamentos que controlam os sinais,  mais atualizados.

Nesta  primeira  fase serão contemplados 30 cruzamentos, distribuídos ao longo das  avenidas Dom Hélder Câmara, Ernani Cardoso e Rua Cerqueira Daltro, em Cascadura, além do entorno do Estádio Olímpico João Havelange, que inclui as ruas Goiás, Guilhermina, Arquias Cordeiro, Oficinas e José dos Reis.

Para a segunda etapa está prevista a centralização de mais de 80 cruzamentos  nas Zonas Oeste e Norte, onde serão investidos cerca de R$ 1,2 milhões. Porém, diferente da etapa  inicial que vai expandir a rede de dutos de comunicação existente, compatibilizando com o sistema de controle de tráfego atual, será empregada na segunda fase a tecnologia wireless, ou seja, sem-fio, que permitirá a comunicação remota dos equipamentos instalados em campo com o Centro de Controle Operacional (CCO) na Av. Presidente Vargas, no Centro.

Em  2009, a CET-Rio testou a tecnologia em quatro cruzamentos da Av. Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, onde obteve excelentes resultados.

Adotando esta medida serão economizados cerca de R$ 100,00 por cada metro de rede física de comunicação, não sendo mais necessárias intervenções com obra civil, além de  acabar com o problema do furto de cabos metálicos. Apenas nestes próximos  locais contemplados, estima-se que a economia chegue a mais de R$ 2 milhões.

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes