Início Plantão Rio Terapias alternativas no SUS

Terapias alternativas no SUS

Terapias como a massoterapia, fitoterapia, terapia floral, acupuntura, hidroterapia, cromoterapia, aromaterapia, quiropraxia, hipnose e demais técnicas naturais poderão ganhar espaço no sistema público do estado. É o que quer a deputada Inês Pandeló (PT), autora do projeto de lei 972/07, que cria o Programa de Terapia Natural para o atendimento à população do estado.
A proposta, aprovada em primeira discussão pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), buscará estimular e divulgar benefícios dessas técnicas.
— Esse projeto busca dar opções, que já se mostraram eficientes, aos tratamentos oferecidos no sistema público — alegou a petista.
De acordo com a proposta, o governo poderá celebrar convênios com órgãos federais e municipais, assim como com entidades representativas de terapeutas naturistas. As modalidades terapêuticas adotadas através do Programa de Terapia Natural deverão ser desenvolvidas por profissionais habilitados e inscritos nos respectivos órgãos de classe municipal, estadual ou federal.

Fonte: Alerj