Início Plantão Rio Tour do Rio ganha as pistas do Rio

Tour do Rio ganha as pistas do Rio

O Rio de Janeiro será sede da primeira grande competição internacional de ciclismo de estrada de alta performance da América Latina, reunindo as grandes estrelas mundiais dos pedais. De 28 de julho a 1º de agosto, a Cidade Maravilhosa e o interior fluminense serão palco do Tour do Rio, um desafio para atletas profissionais com 783 km de percurso. Como cenário, montanhas, praias, reservas naturais e mais de dez municípios envolvidos.

O Tour do Rio é um projeto que, com a bandeira do esporte, movimenta outros setores do país, como cultura, educação e sustentabilidade. Muito além de uma prova de resistência, velocidade e determinação, surge como um pontapé inicial para promover a bicicleta como esporte, como lazer e, especialmente como meio de transporte, diminuindo consequentemente a emissão de gases poluentes.

Um dos principais objetivos do projeto é garantir que os investimentos para a realização da competição possam gerar um legado positivo em todos os municípios do percurso e adjacências, antes, durante e depois da competição. Serão mais de 500 pessoas envolvidas nas provas e cerca de 150 atletas, com equipes convidadas segundo os critérios internacionais da União Ciclística Internacional (UCI).

Com a escolha do Rio de Janeiro como a sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e a excelente oportunidade para o desenvolvimento esportivo e turístico do Estado, o Tour do Rio será um estímulo ao ciclismo brasileiro, com ações para formar uma nova geração de atletas na modalidade que mais distribui medalhas olímpicas (54 no total).

Durante a competição, serão oferecidas atividades de entretenimento e lazer para o público nos intervalos da prova. Entre as cidades participantes estão Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Volta Redonda, Três Rios e Nova Friburgo.

– O Rio de Janeiro sempre foi a casa dos grandes eventos. E é nesse ambiente extraordinário de crescimento garantido que vamos receber o evento de ciclismo que vai inserir o Rio e o Brasil nos circuitos mundiais da categoria. O aspecto mais fantástico é que o Tour do Rio não ficará apenas na capital, mas passará por diversas regiões do nosso estado – explica o governador Sérgio Cabral.
– Pedalar, além de ser um ótimo exercício, é também uma alternativa de transporte muito incentivada nesse momento em que se prioriza a preservação ambiental. Com esta edição do Tour do Rio, teremos, ainda, a possibilidade de mostrar os atrativos turísticos de belas regiões como a Costa Verde, a Serra Imperial e a Costa do Sol – conclui Marcia Lins.

Faltando pouco mais de um mês para as provas principais, já foram realizados dois grandes eventos esportivos, a Copa Light e o Desafio 24 Horas, além de atendimentos diretos em Clínicas de Ciclismo e no projeto infantil, Adeus Rodinhas. Antes do início do Tour do Rio serão realizadas ainda duas provas de espera, uma no Circuito Estrada, na Enseada de Botafogo (13 de junho), e um Desafio de Montanha, em Itaipava (18 de julho), ambas com a participação de atletas profissionais e amadores.

– O Tour do Rio vai impulsionar a economia local de cada região, na proporção de suas participações. Isso será feito através da promoção turística, do fomento do ciclismo esportivo, de lazer e como meio de transporte, com ações de educação do trânsito e o desenvolvimento da cadeia produtiva do esporte no Estado do Rio de Janeiro – revela Luisa Jucá, da Conexão, que espera a participação de mais de 200 mil pessoas ao longo do percurso.

Fonte: Secretaria de Turismo