Início Plantão Mundo Trabalhadores peruanos soterrados em mina devem ser resgatados em três dias

Trabalhadores peruanos soterrados em mina devem ser resgatados em três dias

No Peru, um grupo de nove trabalhadores, de 22 a 59 anos, está preso há quatro dias no interior de uma mina a mais de 200 metros de profundidade, depois do desabamento de uma rocha. A expectativa, de acordo com autoridades, é que o resgate leve até três dias. O presidente do Conselho de Ministros, Oscar Valdés Dancuart, disse que novos desabamentos na Mina Cabeza de Negro atrasam a operação.

A Mina Cabeza de Negro, de cobre e ouro, está localizada a 300 quilômetros ao sul da capital peruana, Lima. As autoridades informaram que os trabalhadores não estão feridos e recebem oxigênio e bebidas por intermédio de um tubo.As equipes de resgate, que incluem policiais e bombeiros, conseguiram se comunicar com os trabalhadores da mina e informaram que eles estão ansiosos. Um acampamento improvisado, com a presença dos parentes dos mineiros, foi montado no local. As equipes de resgate ainda não conseguiram levar para a mina as máquinas mais pesadas para ajudar na operação.

Valdés Dancuart informou que o “governo fará tudo” para resgatar os trabalhadores. “[Todos] estão em solidariedade com a vida desses concidadãos. Estamos todos juntos para resgatar essas nove vidas”, disse ele. “Vamos fazer de tudo para que o [o resgate] seja o mais rápido possível”, acrescentou, lembrando que as operações de resgate são conduzidas pelo ministro da Energia e Minas, Jorge Merino.

Em agosto de 2010, o resgate bem-sucedido de 33 trabalhadores, em uma mina no Norte do Chile, chamou a atenção do mundo. Os trabalhadores foram resgatados com vida devido à ajuda de especialistas da Nasa, agência espacial norte-americana, do México e da Argentina, além de chilenos.

 

Fonte: Ag Brasil