Início Destaque Waguinho empossa presidente da executiva de juventude do União Brasil no Rio...

Waguinho empossa presidente da executiva de juventude do União Brasil no Rio de Janeiro

Na ocasião, estiveram presentes: o presidente estadual do União Brasil, Waguinho, a presidente do diretório Municipal, Lúcia Brazão, o ex-deputado federal, Felipe Bornier, o deputado Estadual, Brazão, além de apoiadores do partido.

No dia 8 de junho, na sede do diretório estadual do partido União Brasil, aconteceu a posse do novo presidente da Executiva de Juventude da Capital do Rio de Janeiro, Kaio Brazão. “Estou muito feliz em embarcar nesse lindo e desafiador propósito que é estar à frente da juventude do união Brasil – RJ . Agradeço pela oportunidade e confiança do excelentíssimo presidente do União – RJ, Waguinho, que tem desenvolvido um trabalho sério, responsável e inovador, assim como já tem feito como Prefeito de Belforoxo”, declarou Kaio.

O mais novo presidente municipal também aproveitou para falar sobre seus objetivos à frente do cargo. “Unidos, iremos buscar desenvolver políticas públicas de juventude para ofertar mais qualidade de vida e perspectivas para nossos jovens do Rio de Janeiro, em especial, para aqueles que mais precisam, em lugares que muitas vezes o governo não chega : nas comunidades. É preciso pensar em inclusão, acesso à educação de qualidade e oportunidades pra o primeiro emprego, essas serão umas das nossas prioridades”, complementou.

Aproveitando a oportunidade, o presidente estadual do União Brasil, Waguinho, dialogou sobre o compromisso e a responsabilidade que o presidente irá assumir ao percorrer mais de 90 municípios para instalar a juventude partidária em cada cidade do Estado.

Durante o evento, o ex-deputado federal, Felipe Bornier, discursou sobre a importância da presença dos jovens na vida pública. “A política brasileira precisa de renovação e com certeza será a juventude que vai fazer essa diferença”, afirmou.

O partido União Brasil tem buscado inserir a comunidade jovem no contexto político pois acredita que a experiência de antigos nomes da cena política somada à leveza e o gás imposto pela mocidade é a chave para a mudança que o Brasil precisa.